Close
Marcel Luske

Team partypoker

Marcel Lüske - Team partypoker

Apelido partypoker: Marcel-luske

Seja participando de eventos de caridade ou batalhando numa mesa de WSOP Main Events, Marcel Luske está sempre fazendo algo interessante na cena do pôquer. Duas vezes escolhido o jogador do ano, já acumulou mais de US$4,4 milhões em torneios ao vivo desde que começou ainda jovem, quando a propensão de viajar de país em país para jogar rendeu o apelido ‘The Flying Dutchman’.

Como se dois prêmios de jogador do ano, 30 WSOP incluindo três mesas finais, inúmeras aparições na televisão e ter sido classificado como o melhor jogador da Europa não fosse suficiente, Marcel também ajudou a estabelecer um conjunto global de regras de pôquer através da Federation Internationale de Poker Association (FIDPA). As Regras Internacionais de Pôquer são atualmente usadas em milhares de casinos em todo o mundo, incluindo locais tão prestigiados como The Bellagio e Mizrachi Poker Academy, indicando o legado notável que o holandês está construindo.

Desça a página para ler nossa seção de Perguntas&Respostas com Marcel ou confira as estatísticas de pôquer dele clicando aqui.

Qual foi seu jogo/torneio mais difícil?

Décimo lugar no WSOP Main Event de 2004.

Qual foi a sua maior vitória até agora?

Estar saudável! E alguns grandes resultados por aí.

Você prefere jogos ao vivo ou online?

Adoro jogos ao vivo pelo prestígio e aspectos sociais, mas adoro online pelas opções e velocidade, especialmente o fato de não conseguir ficar tão fácil.

Qual você diria que foi o grande destaque da sua carreira no pôquer?

Ajudar a criar um ambiente justo e divertido para todos os jogadores e ser um jogador respeitado. Mas o maior destaque ainda está por vir.

Qual é a sua melhor dica de pôquer?

Apenas curta o jogo.

Pelo que mais você é conhecido?

Cantar, ajudar a escrever as regras de pôquer da FIDPA e, claro, usar óculos de cabeça para baixo!

Há algum jogador de pôquer que você admira?

Phil Ivey, Mike Sexton e Mel Judah.

Se você pudesse jogar uma partida de pôquer com qualquer pessoa, quem você escolheria?

Gostaria de uma revanche com Michael Jordan e Mike Sexton para ajudar uma instituição de caridade, o que fizemos em 2007 para o Segundo Evento Anual Hoopology Charity Poker do Trent Tucker.

Se você não fosse um jogador de pôquer, o que você seria?

Um cantor.

Você tem uma frase de pôquer favorita?

“Shuffle up and deal!”